terça-feira, 8 de novembro de 2011

Vão votar para a vossa terra

A cada dia que passa mais se notam os efeitos nocivos que a invasão imigrante e o multi-culturalismo trazem para a Europa. Desta vez, alguma organizações criminosas (não gosto de usar eufemismos como "organizações anti-racistas" e de "apoio aos imigrantes") defenderam o direito de voto dos estrangeiros em Espanha. Defendem o lema: "Aqui vivo, Aqui voto". Um lema que além de demagógico,beira ao ridículo. A bem da defesa de um regime verdadeiramente democrático só os povos nativos da Europa devem exercer o direito de voto e ter direitos políticos, esses direitos devem ser completamente vedados aos estrangeiros (tal como acontecia num regime verdadeiramente democrático, alguns milénios atrás, em Atenas).
     Democracia para os mais distraídos significa "poder do povo" e o povo espanhol ao ter de partilhar a sua soberania sobre a sua própria Pátria está a perder o poder e o controlo do seu próprio país, o que acarreta a destruição do regime democrático. Isto apesar de se tivermos em conta o significado original da palavra democracia chegarmos à conclusão óbvia de que nenhum país europeu pode ser classificado como tal, mas isso já é outra questão.
     Democracia e liberdade de expressão não podem de qualquer forma ser confundidos com criminalidade ideológica e impunidade face a crimes de traição e conspiração. Defender abertamente ideias que vão contra os interesses da nação e do povo não é "liberdade de expressão", constituem verdadeiros crimes que assim devem ser encarados quer pelo Estado ou pela sociedade.
      Numa nação verdadeiramente democrática apenas os elementos desse povo/grupo étnico devem poder intervir na vida pública da nação, o facto de um estrangeiro viver nesse país ou pagar os seus impostos (o que nada mais é do que uma obrigação) não lhe dá o direito em meter-se em assuntos que não lhe dizem respeito.
     O facto de essas organizações ditas "anti-racistas" e de "apoio dos imigrantes" começarem a fazer campanha pelo direito de voto dos imigrantes apenas revela o perigo real de subversão que a invasão imigrante representa para as nações europeias. Isso não nos faz lembrar nada? Não é parecido com um certo cavalo também para os lados da península balcânica?
   No mais um imigrante honesto e trabalhador apenas se preocupa em trabalhar e levar uma vida digna, não tem tempo para se preocupar com questões que não lhe dizem respeito. Pelo que todas as "organizações de imigrantes" devem pura e simplesmente ser banidas.
   Em relação aos imigrantes que exigem direito de voto, eu apenas tenho a dizer:
Vão votar para a vossa terra.